Litoterapia

Harmonização nos campos energéticos.

História da Litoterapia

O termo litoterapia surgiu há algumas dezenas de anos. Acredita-se que tenha sido formado na segunda metade do século XX, simultaneamente com o termo “fitoterapia”. O termo litoterapia tem origem nos termos gregos LITHOS (que significa pedra) e THERAPEIA(que significa cura).

O que hoje se define como litoterapia é na realidade uma mistura de diversas técnicas ancestrais:
• uso das pedras para massagem (massagem Amma do Japão);
• técnicas chinesas usando os pontos do corpo (shiatsu e acupunctura);
• uso de pedras como instrumentos de massagem do corpo (medicina ayurvédica da Índia);
• chromoterapia (uso de cores para acalmar o corpo e o espírito).

Note-se também que na acupunctura chinesa, esferas em pedra eram escolhidas segundo as suas propriedades vibratórias, para serem colocadas numa extremidade da agulha, por forma a reforçar o poder energético das agulhas.

Os gregos usaram pó de mármore contra a dor de estômago, ou jaspe vermelho como um tônico.
Na medicina chinesa, numerosos minerais são supostamente para equilibrar e estimular a energia.
No Oriente, antimônio foi considerado como um remédio contra doenças infecciosas e intoxicação alimentar.
Índios americanos utilizando os benefícios da argila e efeitos antissépticas de cobre.
Na Índia, sulfato de ferro foi um vermífugo e diurético salitre.
Registros até agora, temos encontrado observando terapia com cristais de Egipto antigo, em registros de Ayurveda da Índia e também na medicina tradicional chinesa de cerca de cinco mil anos atrás, todos descrevendo as propriedades curativas dos cristais e minerais.
Cada pedra tem propriedades especiais.

O que é Litoterapia?

A Litoterapia é uma medicina não convencional que visa tratar através de cristais (ametista, quartzo, olho de tigre, água-marinha, rubi, turquesa, etc.) considera que os cristais naturalmente emitem uma “ressonância” ou a “vibração” singular capaz de melhorar o bem-estar da pessoa em contato ou fechar. Não há nenhuma evidência científica da eficácia da terapia ou a existência de cristais específicos “energia”. Podemos, assim, qualificar para a pseudo-ciência . Os médicos antigos e astrólogos recomendavam que as pessoas colocassem pedras em suas vestimentas como uma maneira confiável de obter efeito positivo na saúde. Hoje, o tratamento com pedras está se tornando mais popular e está experimentando um renascimento. Pedras têm energia e composição química, os quais influenciam e afetam o nosso corpo. Cada tipo de pedra tem propriedades específicas, tem uma vibração específica, mais ou menos adequados para nós. A energia positiva enviada pelas pedras é propícia para a manutenção do equilíbrio interior e propriedades curativas, ela também pode neutralizar a emissão de vibrações negativas. As pedras têm uma incrível capacidade de armazenar energia, energia diferente. Armazenagem e depois doá-lo. Um exemplo é os cristais de rocha que podem armazenar e dar uma quantidade enorme de energia. A partir dos lithos gregos (pedra), litoterapia é uma forma suave de terapia que utiliza pedras e cristais para equilibrar e realinhar o corpo. Litoterapia usa minerais naturais de energia, aplicadas ao órgão doente ou chakra (centros de energia do corpo) libera seu magnetismo correspondente. As pedras transportar a energia no corpo. A energia das pedras está relacionada com a sua composição química, a sua cor (Cromoterapia) e a sua forma. É possível capturar a energia liberada por vários minerais, simplesmente por tocá-los ou trazê-los para si.

O que podemos tratar com a Litoterapia?

Pode-se tratar com ela literalmente todos os desequilíbrios já localizados no físico, em parceria com a área médica, e os que ainda se encontram nos planos emocional e mental, como por exemplo: Stress, Depressão, Fobias, Medos, Desequilíbrios físicos diversos, Alinhamento do Eixo Energético, Reconhecimento de Padrões de Pensamento responsáveis pelo desequilíbrio, etc.

Com a Litoterapia, tratamos a nível energético e é claro, nunca descartando o tratamento médico, pois ela é um tratamento alternativo e auxiliar para a cura dos efeitos dos desequilíbrios que geramos em nossa energia.

Minha forma de atender

Geralmente atendo com essa terapia após o atendimento de outra terapia comigo ou em conjunto com o reiki, por exemplo. Formas que posso indicar após constatar a necessidade: águas solarizadas com Pedras, para banhos; Elixires feitos a partir dos cristais, que funcionam como as essências florais.

Curiosidade: para a litoterapia, as pedras atuam de acordo com sua cor.

Brancas

Os transparentes são cristais purificadores e os brancos, potencializadores. São úteis também para dores no estômago. Pela capacidade de espalhar a energia purificadora, os prismas devem ser colocados em locais de entrada de luz.

Índigos

Pedras de introspecção, concentração. Podem ser colocadas no quarto e no escritório.
Exemplos: lápis lazuli e sodalita.

Violetas e lilases

Têm capacidade “transmutadora”. Ou seja, transformam a energia de um ambiente. São úteis para superação e devem ser colocados na sala.

Azul-claros

Os cristais dessa cor apaziguam ambientes. São aconselhados para dormitórios e outros locais de descanso. São bons também para dores nervosas, como tendinite e bursite. Alga-marinha, topázio azul e celestita são alguns.

Rosas

Excessivamente espirituais e sensibilizadores, como define a litoterapeuta, esses cristais devem sempre ser equilibrados com outro de cor verde. A combinação traz autoestima e amor. Sozinhos, eles podem ser depressivos.

Amarelas

Trazem todo tipo de expansão e também alegria, prosperidade e multiplicação. Cuidado com o uso da pirita. A pedra “atrai o brilho da alma”, mas também exala gases ao entrar em contato com a umidade. Portanto, não deve ser colocada no banheiro nem ser usada em elixires.

Laranjas

As pedras podem ser utilizadas em ambientes de trabalho, já que trazem criatividade, e nos cantos de uma casa, porque trabalham a desobstrução e a abertura. Elas ajudam na melhor circulação de energia. A calcita laranja e a cormalina.

Vermelhas

São cristais que dão energia, coragem, força, vitalidade e sucesso. Porém, devem ser usados com moderação: o excesso traz agressividade e irritabilidade. Alguns exemplos do grupo das vermelhas: a ágata de fogo e a granada, que aumenta a libido feminina.

Pretas

São as pedras das energias pesadas. Devem ser utilizadas próximas ao chão, na entrada de ambientes, onde o fluxo de pessoas é maior, para expulsar pensamentos negativos e de limitação. Ainda: o quartzo fumê ajuda a conter vícios e a turmalina preta é indicada para aliviar dores. As dores concentram muitos íons negativos e essa pedra tem a capacidade de equilibrá-los.

Como agendar seu atendimento

Se você se interessou por esse tipo de tratamento que é direcionado para seu problema específico, pode entrar em contato pelo o Whatsapp (12) 99663-1570.